Sagrada Família

acompanhando uma senhora que deve ser

A mãe

ela chegou de verde e tetas

caídas

na missa de domingo 11

da manhã.

comungou, cantou pelo telão os salmos musicados sempre os mesmos, vire e mexe olhava pra trás

Procurando

e ninguém chegou, a boca

aberta

os dentes em vigia.

o menino do banco de trás perguntou qualquer coisa e o corpo dela ficou um gozo querendo muito

amar alguém.

se transasse quando transasse,

a entrega teria rosto de bicho, assustaria os distraídos que fazem sexo só porque se faz sexo desde os macacos, então

ela chuparia o pau com fervor de a última coisa que estou fazendo antes de morrer é isso

e o susto na cara dos esquecidos da premissa:

Só devemos fazer

o que achamos de verdade que devemos fazer e não generalizadamente fazer as coisas, como ter

1 filho, por exemplo, a cara deles

seria como

Nascer de novo.

na missa a calcinha dela era grande pra guardar a bunda

enorme, deu pra ver pela sombra

do elástico

os buracos ansiosos

por dedos e músculo, no fundo faz falta um pouco de atenção.

passar a vida indo na missa sem casamento,

a mãe cada dia mais velha e mais pesada de dar o braço até o banco

depois até o carro e aquelas presilhas pratas

prendendo o cabelo quase morto é dose,

falta força

pra seguir.

se conhecesse alguém que desse 1 chance, ela

faria tudo

injetaria

pularia de para

quedas, transaria com homens e mulheres, ficaria nua na praia numa corrida disputada rumo ao mar que

resultaria em

queda na areia e chupação, ela seria

revolucionária e Justa, uma mulher de peito na capa de uma revista séria dizendo:

 

-cu.

 

ela tinha sonhos,

aquela garota, era

triste porque precisava de companhia para

ser grande, Sem

ela cutucava o nariz se esvaziando mais.

Olá. – pensei em dizer para ela.

vamos mudar o mundo, você é feia eu também, não temos

nada a perder. podemos sair daqui para um bar de cervejas importadas, transar como fazem os bichos,

comprar um trailer e sumir por terras, mas só consegui dar a paz

de cristo

na hora que o padre disse:

 

-podem dar as mãos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s