o Gato

me disseram de você, me disseram tantas coisas sobre o seu olho

verde, seus músculos de

magro, sua cor negra branca, seu hálito com dentes

tortos na medida

certa, imagina as mordidas que ele dá quando

ama, imagina como ele olha quando o pau

está duro.

o humor dele, me diziam.

o pelo dele, suspiravam.

Escutei as impressões das pessoas em você como se escuta

uma história

muito antiga num livro

didático e você

ao meu lado, sem se saber

tão desejado pela esmagadora

maioria.

A gente se olhou algumas vezes

bem na cara. Eu estava distraída à beça com a paisagem, mas

a gente se olhou bem na cara

e aquela conexão dentro de nervos como tomada se dava em silêncio, não prestei atenção.

Só soube o quanto

você me Transtorna depois, que nunca mais te vi.

Agora,

fotos e punhetas no banheiro.

tumblr_nlqzg2rItr1u9ya25o1_500

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s