a bituca

Odiava cada canto do apartamento desde que
Ele se foi.
O abandono já fazia alguns meses, mas
não
os suficientes
para Ela o
Esquecer.

Tiveram um filho, que também ele
abandonou.
O bebê tinha alguns meses, mas
não os suficientes
para que alguém
pudesse tê-lo amado,
o pai o esqueceu muito rápido,
ainda mais rápido
do que esqueceu da mulher.

Ela
não tratava bem do bebê, como
não tratava bem da casa
muito menos
dela mesma. Queria desistir, estava
decidida, só ainda
não tinha
escolhido como.

Esquecia de comer mas nunca de
fumar.
Quando lembrou do Fogo estava
de cigarro na
boca: Sorriu

e

Jogou
a bituca no carpete.

a primeira coisa que pegou fogo
foi o berço do neném.
depois as plantas, os papéis. Depois ela.
Os bombeiros tentaram
mas
quase que o prédio inteiro
ficou destruído e
ela
passou da
solidão de sua casa
para
a Imortalidade
efêmera
dos Jornais.

tumblr_mbdpa2W4b11rs8w78o1_500
(*foto via Tumblr)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s